Deutsche Welle: Dhlakama ainda não se recenseou devido a dispersão de postos, diz porta-voz

17.4.14 RENAMO critica „dispersão propositada“ de postos de recenseamento. A cerca de duas semanas do final do processo de registo, o líder e possível candidato presidencial do partido, Afonso Dhlakama, ainda não se inscreveu.

Zum Artikel

Advertisements

Deutsche Welle: Armando Guebuza insiste em fazer propaganda política ilegal

10.4.14 Presidente de Moçambique faz ouvidos de mercador às críticas da sociedade civil e da oposição. Guebuza continua a apresentar o candidato da FRELIMO às presidenciais à custa do dinheiro público na sua presidência aberta.

Zum Artikel

Deutsche Welle: Problemas no recenseamento em Moçambique

9.4.14 A Comissão Nacional de Eleições de Moçambique está preocupada com a fraca afluência do eleitorado ao recenseamento para as eleições gerais de 15 de outubro. Os moçambicanos não quererão votar? Ou as razões são outras?

Zum Artikel

Deutsche Welle: Governo e RENAMO criam mecanismo de observação do cessar-fogo

31.3.14 Em Moçambique, delegações do Governo e do maior partido da oposição criaram esta segunda-feira (31.03) um comando central para garantir a observação do cessar-fogo. Mecanismo vai ser supervisionado internacionalmente.

Zum Artikel

Deutsche Welle: Daviz Simango é o candidato do MDM às presidenciais

31.3.14 Em Moçambique, o MDM elegeu este domingo (30.03) Daviz Simango como candidato às presidenciais de 15 de outubro próximo. Simango é o edil da segunda maior cidade do país, Beira, pelo terceiro mandato consecutivo.

Zum Artikel

Deutsche Welle: RENAMO nega autoria do ataque ao comboio da Vale

3.4.14 Em Moçambique a RENAMO desmente alegações segundo as quais os seus homens teriam atacado uma locomotiva de mercadorias da empresa Vale Moçambique, transportando carvão para exportação através da linha de Sena.

Zum Artikel

Deutsche Welle: O grau de democracia no seio dos partidos moçambicanos

28.3.2014 O MDM nomeará este fim-de-semana o candidato à Presidência de Moçambique. A previsível escolha levanta a questão sobre a existência ou não de democracia interna neste e nos outros partidos moçambicanos.

Zum Artikel